Acesso restritoCONSULTAS BOA VISTA SCPC

 

Dia das crianças: empresários esperam superar vendas de 2018

 

83% dos empresários acreditam que as vendas do Dia das Crianças deste ano serão iguais ou maiores que em 2018, segundo pesquisa da Boa Vista realizada com cerca de 430 empresários em todo o país, entre os meses de agosto e setembro.


A pesquisa Perspectiva Empresarial feita especialmente para o Dia das Crianças também constatou que 14% dos empresários irão contratar mais mão de obra para atender a demanda de vendas nesta data. Sendo que entre os empresários mais otimistas este percentual sobe para 25%.

Entre as estratégias para impulsionar as vendas, 44% informaram que facilitarão o pagamento por meio de opções de parcelamento. Outros 36% informaram que irão explorar a concessão de descontos e 20% oferecer promoções, como do tipo leve dois e pague um, ou compre um produto e leve outro de graça.

FATURAMENTO

Para três em cada cinco empresas o Dia das Crianças representa um movimento de até 5% frente à receita anual comparada as demais datas comemorativas. A pesquisa apontou ainda que para 29%, a representatividade das vendas do Dia das Crianças no faturamento anual representa menos de 1%.

Para 23%, representa de 5% a 10%. Para 8%, de 10% a 15% do faturamento e para outros 8%, as vendas na data significam mais de 15% do faturamento anual do seu respectivo negócio.

PERSPECTIVA

Comércio e Serviços são os mais otimistas em relação às vendas para o período. 45% dos empresários em ambos os setores acreditam no aumento das vendas em 2019, na comparação com o ano anterior. Por outro lado, 33% da Indústria apostam neste crescimento. A imagem abaixo contém mais informações:


MÃO DE OBRA

Poucas empresas preveem a contratação de mão de obra para apoiar na produção e no comércio neste Dia das Crianças. No comércio varejista e/ou atacadista 13% têm perspectiva de contratação. Na indústria 11% e em Serviços 15%.

METODOLOGIA

A Pesquisa Perspectiva Empresarial – Dia das Crianças foi realizada pela Boa Vista de forma quantitativa, entre os meses de agosto e setembro de 2019.

No levantamento foram entrevistados pouco mais de 430 respondentes, representantes dos principais setores (comércio, indústria e serviços) e dos segmentos micro, pequenas, médias e grandes empresas. A leitura dos resultados deve considerar 4% de margem de erro e 95% de grau de confiança para leitura dos resultados.


<< Voltar


CURSOS E EVENTOS


Veja todos

Jornal do Comércio Vicentino - Março/2019

Jornal do Comércio Vicentino - Março/2019

PARCEIROS